domingo, 1 de setembro de 2013

Imagine - Harry Styles

                                               Te Amo Mesmo Negando
Eu morava com Harry Styles há 1 ano, ele implorou para eu ir para o incrível palácio dele, era uma casa grande cheia de luzes não era muito moderna mais eu gostava assim, tinha uma biblioteca enorme a qual ele nunca se permitia entrar para ler um livro - eu acho que ele odiava ler - mas eu sempre entrar para ler um livro de romance, eu estava lendo Perto do Coração Selvagem de Clarice Lispector.
      Mas uma vez eu estava na biblioteca lendo o livro que estava perto de terminar. Eu imaginava eu e Harry juntos, ele de cabelo grisalho cheio de netos em volta.Ele chegou e bateu a porta outra vez com uma garota, com certeza ele levaria ela para cama, não havia duvidas em minha cabeça em questão disso.
     - (seu nome) Está é Alice - disse ele, com a mão na cintura dela.
     - Oi - falei, não havia nem um tipo de animação em minha voz.
Ele retribuiu meu "oi" com um sorriso tímido.
     - Nós vamos lá para meu quarto. - anunciou ele com orgulho.
Eles fecharam a porta da biblioteca.
     - Droga! - exclamei baixo.
     Depois de algum tempo fui para meu quarto. Eu conseguia ouvir aqueles repetidos gemidos tanto da garota quanto de Harry, aquilo era pior do quer uma facada no peito, aqueles gemidos eram a prova concreta que nós dois nunca seriamos apaixonados um pelo outro. Vou embora daqui, pensei comigo mesma.
     Quando cheguei em meu quarto, peguei uma mala que estava no guarda roupa e fui colocando o máximo de roupas possível, eu não queria voltar para busca o resto eu me conhecia muito e sabia que não teria coragem de confronta-lo. Aqueles gemidos estavam me deixando irritada então peguei meu celular e acessei minha playlist havia varias musicas, eu apertei na primeira musica que vi, eu só queria não escutar aqueles gemidos.
      Fui para o estacionamento, havia vários - Porsche, Chevy 1950, Mercedes e uma Land Rover - todos eram meus menos a Land Rover preta que se destacava entre todos os outros carros, mesmo com um Porsche amarelo vivo ao seu lado, segui em direção a minha picape, coloquei as coisas no banco do carona e girei a chave na ignição - eu não queria me despedir, eu odiava despedidas - o motor rugiu como sempre, aquela picape poderia ser velha mais era muito forte e robusta.

Harry On *

Ouvi um som de carro, eu e Alice estávamos conversando depois de termos fingido uma transa, eu queria parecer que não estava gostando da (seu nome) mas eu era louco por ela, ela era minha anjinha, meu porto seguro, eu daria minha vida por ela sem pensar duas vezes. Eu nunca tive problemas em falar com garotas mesmo assim não conseguir dizer para (seu nome) o que eu sentia eu estava desabafando com Alice, ela era uma amiga que estava me ajudando a alguns meses, ele estava me ajudando a como chegar na (seu nome) ela era uma menina delicada e meiga, mas também era forte e guerreira e eu era completamente apaixonado por ela.

Você On*

eu estava indo em direção ao aeroporto, até que percebo que a Land Rover preta de Harry estava me seguindo, eu sabia que era ele por que o carro dele estava com um aranhão na parte lateral da porta, ele começou a buzinar, eu queria correr, mas sabia que minha picape não aguentaria, Eu poderia ter pegado o Porsche, pensei comigo mesma. Ele vez uma curva arriscada e se colocou em minha frente ele parou o carro me obrigando a parar também.
     - Você está louco?! - perguntei irritada.
     - É eu sou estou louco, louco por você!
Ele me agarrou pela cintura e me beijou.
     - Eu te amo! - falou ele.
     - Eu te amo, Harry e você sabe disso desde sempre.
     - Se eu soubesse eu não teria feito toda uma preparação para te pedir em casamento.
Ele tirou uma caixinha vermelha do bolso.
     - (seu nome completo), você quer ter o meu sobrenome?
     - Claro que eu quero Hazza.
Ele me agarrou e me beijou.
     - Você vai ser para sempre minha anjinha.
     - Te amo, como você sabia que eu ia para o aeroporto?
     - Eu sabia que você tinha saudades do Brazil.
     - E a Alice? - perguntei com uma sobrancelha arqueada.
     - Ela era uma amiga minha.
     - E os gemidos?
     - Foi tudo encenação para te deixar com ciumes bobinha.
     - Sei - falei desconfiada.
     - No final foi engraçado, eu e a Alice nós divertimos muito. Agora deixa eu colocar a aliança.
     - Fique a vontade - falei erguendo a mão.
Ele colocou a aliança.
     - Eu te amo!
     - Eu te amo!

8 comentários:

  1. Awnn que cute,eu achei meio estranho o harry com a alice no começo mas enfim.....ficou per-fect!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade...tipo "Hãã..." KKK

      Carol.

      Excluir
  2. Meu nome é Alice!! Ficou per-fect *_____*

    ResponderExcluir
  3. Peguei seu imagine,mas,coloquei os créditos devido... Ameii sua história beijos e seguee meu blog please http://fansverdadeiros.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

1. Exponha sua opinião, nada de xingar e rebaixar o Blog.
2. Se possível (não é obrigatório) coloque o seu nome.
3. De sua opinião sincera e verdadeira.